Creme de Pistache e Hortelã.

Olá! Tudo bem? Hoje eu vou falar um pouquinho sobre uma paixão minha: a confeitaria!

A pouco tempo atrás eu comprei o livro da Daniela Noce chamado Por uma Vida mais Doce. Eu descobri o site dela – o I Could Kill for Dessert – e fiquei maluca com aquelas receitas lindas que dão água na boca que me fazem esquecer que eu “vivo” de dieta e em comparação com os outros sites que eu via por aí de receitas de doces o dela dava vontade de fazer os doces!

O visual do site é lindo, o estilo dela é fofo, o histórico dela é super legal (Ela, assim como eu, também fez Moda então rolou uma identificação na hora), e o mais legal é que a maioria das receitas tinham vídeo!!! que dava mais segurança na hora de fazer a receita.

Então esse site virou meio que uma referência pra mim e sempre que vou pesquisar uma receita é no site dela que eu vou.

Aí num belo dia eu fui na Livraria Cultura, lá na Avenida Paulista, e encontrei o livro dela pra vender e na hora comprei e AMEI o livro, cheguei em casa e fiquei lendo o início dele que fala sobre os utensílios, as receitas base, os cremes e tudo mais. Eu queria aprender sobre confeitaria! Fiquei apaixonada! 🙂

IMG_2934

E com menos de uma semana e com todo o apoio da minha mãezinha, eu comecei a comprar tudo o que precisava pra começar a fazer doces: Batedeira universal, batedeira portátil, fouet, bicos de confeiteiro, saco de confeiteiro, formas, espátula, tigelas de aço inox, colher de pau, panela de fundo grosso, e mais um monte de coisa!

E quando tava com tudo aqui em casa comecei a fazer algumas receitas.

Até agora fiz poucas coisas… um arroz doce, cupcakes e rocambole.

Uma das receitas que mostrei pra vocês aqui é a do Creme Patissiere, retirado do livro da Dani e por ter aparecido numa das provas do MasterChef Brasil eu achei legal falar sobre ele.

Vídeo da aula com Fabrice Le Nud no MasterChef Brasil

Outro motivo de querer falar sobre o Creme Patissiere, ou creme de confeiteiro, é que comigo aconteceu de uma vez querer fazer um rocambole (a receita é do livro da Dani) chamado “Rocambole PapaBubble” que é um rocambole em homenagem àquela loja de balas artesanais chamada PapaBubble que tem lá em Pinheiros, aqui em São Paulo.

Balas artesanais PapaBubble:

bala004-jpg-1

O rocambole é lindo!!!! Mas eu achei dificílimo de fazer! Juro, tentei fazer umas 3 vezes mas a massa não ficava da altura de um dedo, fofinha, que nem de bolo de rolo mesmo, sabe? Ficava fininha….. E isso porque eu nem tentei fazer as listras de decoração pra massa que me dariam um trabalho redobrado! Mas amei ter feito! Fazer rocambole é uma loucura mesmo! Não é fácil!!! E acertar, ainda por cima, é mais difícil ainda. Mas mesmo assim ficou muito gostoso e aqui em casa a gente comeu todos os 3 que eu fiz.

Na verdade comemos 2, porque o 3º eu fiz pra levar pra seleção do programa da SBT, Bake Off Brasil – Mão na Massa.

Esse foi o rocambole que eu fiz:

11793228_10153055860512816_403051292_n 11798018_10153055860517816_303024604_n

E esse é o rocambole (fodão) da Dani Noce:

rocambole_de_pistache_e_framboesa_616x462

Esse rocambole PapaBubble tem recheio de creme de pistache com hortelã e pra fazer esse creme de pistache com hortelã é necessário fazer, em primeiro lugar, um creme de confeiteiro que vai ser a base do creme de pistache. 😀

Entendeu por que o Creme Patissiere é tão importante?

E você pode colocar esse creme de pistache com hortelã em recheios de bolo por exemplo, não só de rocambole… ou pode ser uma cobertura de um cupcake… aí vai da sua imaginação e de testar a receita pra ver se dá certo. 🙂

Então aqui vai pra você a receita do creme de pistache e hortelã, retirada do livro da Dani Noce:

Ingredientes:

Para o creme de pistache e hortelã:

  • 1/4 da receita de creme de confeiteiro
  • 20 folhas grandes de Hortelã
  • 100g de Pistache processado

Modo de preparo:

Para o creme de pistache e hortelã:

Faça 1/4 da receita de creme de confeiteiro (receita abaixo) sem a baunilha, mas infusionando o leite com 20 folhas grandes de hortelã. Ao final do preparo do creme acrescente 100g de pistache processado e misture bem. Coloque em uma travessa com plástico filme em contato e leve para a geladeira para gelar.

Ingredientes:

Para o creme de confeiteiro:

  • 240g de gemas
  • 1 litro de leite
  • 1 fava de baunilha
  • 125g de açúcar
  • 125g de açúcar
  • 80g de maisena

Modo de preparo:

Coloque na panela 1 litro de leite. Abra a fava de baunilha no sentido do comprimento e raspe a parte interna da fava. Adicione no leite. Acrescente 125g de açúcar e mexa levemente. Leve para ferver. Num recipiente à parte, acrescente os outros 125g de açúcar nas gemas. Misture um pouco e depois incorpore a maisena. Assim que o leite ferver, acrescente-o aos poucos (três conchas por vez) na mistura de gemas. A ideia é dar um choque térmico nas gemas. Coe a mistura e leve ao fogo médio, mexendo sem parar. Não pare de mexer, se não vai empelotar. Quando ferver (ou seja, quando a primeira bolha vier lá de baixo), conte um minuto mexendo sem parar e está pronto. Retire da panela, coloque em um recipiente, cubra com plástico filme e leve para geladeira por até 2 dias.